Larissa Vieira e sua rotina como Agente de Aeroporto

Agora, é a minha vez de contar como está sendo a minha experiência como Agente de Aeroporto na Gol!

Bom, a minha escala é seis por um, então desde o começo já estava ciente que domingos e feriados não existiriam mais no meu dicionário, tal como será quando eu conseguir a tão sonhada vaga de Comissária de voo, o que não está sendo problema para mim.

A nossa rotina no aeroporto é bem dinâmica, nos dividimos entre os totens, as entradas de filas e os balcões (nesse ainda ficamos acompanhados, pois essa parte é um pouco mais complicada). É tudo bem corrido, mas estou amando!

Temos que estudar bastante. A empresa além de oferecer os treinamentos presenciais, ela oferece uma gama enorme de treinamentos e cursos online.

Lidar com o público está sendo MARAVILHOSO!
Ainda mais para mim que nunca tinha trabalhado com o público, é uma experiência única, sem igual! Pessoas de todas as raças, etnias e nacionalidades passam por você todos os dias.

Infelizmente ainda não tenho nenhuma história inusitada para contar, mas já peguei algumas situações adversas como contingências, aeroporto lotado, voos cancelados…

Minha relação com os colegas de trabalho é a melhor possível!
A maioria nos acolheu muito bem, foram muito receptivos.
Inclusive, já tenho um carinho especial por alguns!!!

O que está sendo mais valioso para mim? O enriquecimento pessoal, profissional e cultural que a aviação nos traz.
Depois de entrar na Gol, a minha certeza de que esse é o caminho que eu quero seguir, só foi confirmada!

Série Entrevistas: O que acontece depois da contratação?

O primeiro a responder essa pergunta é o Welison Lima, que estudou na Educar e foi contratado para ser Comissário de voo pela Avianca.

Direto de seu treinamento, ele manda notícias e relata como está sendo a sua rotina.

Ainda não estou propriamente voando, estou terminando o treinamento.
Como está sendo o meu treinamento?

Muito bom, é produtivo, eu aprendo bastante, tenho uma rotina de muito estudo de 08:30 as 17:30.
Algumas matérias que têm provas, outras não. Mas todas acrescentam no nosso conhecimento, está sendo construtivo.

Os profissionais da Avianca são maravilhosos, todos tem o que acrescentar com suas experiências.
A relação com os colegas da minha turma não poderia ter sido melhor!
Todo mundo se dá bem, é uma energia ótima!

Somos quarenta e cinco na nossa turma e, se eu pudesse escolher, não mudaria ninguém da minha turma: eu gosto de todo mundo!
É um clima bacana, como se já tivéssemos nos conhecido a muito tempo.

Já está dando saudades porque o treinamento acaba na terça que vem.
Vai ser um pouco difícil porque não vou mais ver todo mundo como na rotina desses 45 dias… Vou começar a voar em breve e terei muito a contar a vocês!

Semana da mulher

Olá galera da Aviação!

Nesta semana aonde se comemora o Dia da mulher, nossa homenagem as guerreiras da profissão, que conciliam a rotina do Lar com a rotina do céu!

A vida moderna é um desafio para todos, principalmente para quem precisa de tempo e concentração para estudar a fim de conquistar seu sonho: voar por esse espaço infinito!

A correria urbana, ter que conciliar (muitas vezes) o trabalho com estudo, o tempo de deslocamento, o cansaço… tudo isso é, sem dúvida, uma prova de fogo para quem busca seguir essa profissão tão desejada.

Mas acha que é impossível? Conheça o exemplo dessa mulher brasileira que passou fome, preconceito, dificuldades mil e se tornou a primeira aviadora brasileira num meio recém-nascido, até então dominado pelos homens!

Além de motivador, o filme também oferece uma série de conhecimentos históricos sobre a evolução da indústria da aviação.

O filme é de Ludmilla Ferolla; não está em boa qualidade, mas vale o esforço em assistir.